Gestão de Materiais | Estoques, custo dos produtos e formação do preço de vendas

O elevado nível de competição, tanto em caráter local como global, tem levado as empresas a incorporar novas tecnologias que auxiliem a gestão de seus negócios, que estão cada vez mais complexos.

O desafio é obter informações integradas, com qualidade e confiabilidade, para apoiar a tomada de decisões, além de contribuir para a redução de custos e melhorar o desempenho da empresa em relação aos seus concorrentes.

Nos últimos anos, tem ocorrido no Brasil uma verdadeira revolução na área de gestão empresarial. Não só as grandes empresas nacionais e multinacionais têm implementado sistemas de gestão, mas também as médias e pequenas empresas têm buscado a implementação destes sistemas, para sobreviver no mercado competitivo em que atuam.

O controle de saldos e de movimentações de materiais tornou-se muito mais complexo para a administração, principal-mente quando há centenas ou milhares de itens em estoque. O desafio torna-se ainda maior, se esses itens estocados possuírem diferentes padrões de demanda e uma série de características específicas, tais como:

· tributações diferentes que interferem diretamente no custo dos itens estocados;

· características físicas diferentes, que interferem no tipo de controle a ser adotado;

· estruturas variadas e composições diversas, exigindo controle rigoroso das composições e combinações possíveis, que podem gerar milhares de combinações diferentes de produtos acabados.

Portanto, o sistema de gestão utilizado pela empresa deve apresentar informações com velocidade e flexibilidade nos diversos estágios de suas operações, para dar suporte ao processo de formação de preços e análise gerencial de custos. Proporcionar assim, eficiência no planejamento e no controle de suas operações, com melhor utilização de pessoas e dos recursos materiais e financeiros da organização, garantindo sustentabilidade, tanto para o agora como para o futuro.

Sistema de gestão operacional

Um bom sistema de gestão de materiais deve ter, pelo menos, as seguintes funcionalidades:

· controle de valores em moedas diferentes e quantidade em estoques por armazém e por mais de uma unidade de medida;

· formação do preço de venda, permitindo consulta à margem de contribuição;

· custo médio e FIFO (PEPS) com apropriação sequencial, diária e mensal;

· custo gerencial de reposição, de acordo com o último preço de compra;

· cálculo do lote econômico, classificação ABC e ponto de pedido;

· rastreabilidade de lotes x produto, indicando a composição do lote e onde ele é utilizado;

· controle de número de série e endereçamento;

· inventário com controle de contagens e periodicidade.

Cotações e Índices

Moedas - 24/02/2020 17:48:24
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 4,388
  • 4,389
  • Paralelo
  • 4,360
  • 4,610
  • Turismo
  • 4,220
  • 4,570
  • Euro
  • 4,762
  • 4,765
  • Iene
  • 0,040
  • 0,040
  • Franco
  • 4,483
  • 4,486
  • Libra
  • 5,673
  • 5,676
  • Ouro
  • 232,000
  •  
Mensal - 03/12/2019
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • -0,05
  • 0,04
  • Ipc/Fipe
  • -
  • 0,16
  • Ipc/Fgv
  • -
  • -0,09
  • Igp-m/Fgv
  • -0,01
  • 0,68
  • Igp-di/Fgv
  • 0,50
  • 0,55
  • Selic
  • 0,46
  • 0,48
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,59
  • 0,59
  • TR
  • -
  • -
veja mais

Obrigações do Dia

  • 26/Fevereiro/2020
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte.
veja mais

Enquete

O que você achou do nosso novo site?
Ótimo
Bom
Regular
Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)
Mercantil Contábil  |  Rua Jorge Tibiriça 3.743, Santa Cruz - São José do Rio Preto, SP  |  CEP 15014-040
Fone 17. 3233 3817   |   17. 3304 3807